escrito por : Iury Santos Lima 13 de julho de 2013





E aí, galera, tudo certo? Curtindo o novo visu do blog? xD
Como sabem, a revista Luluzinha Teen lançou vários concursos em comemoração à sua  50ª edição. Teve concurso de vídeo, imagem, texto, sorteios e até desafios valendo prêmios. E lembrando que a promoção dos 15 mil fãs ainda tá valendo! Onde quero chegar? Bem, o fato é que, no concurso do texto, o meu texto foi escolhido! Nem acreditei quando o vi no blog oficial da revista, foi alegria e pulos! Haha, o texto está no reblog logo abaixo, e você pode conferir!


Luluzinha Teen, um revista tão completa, tão divertida, uma revista que acompanha o adolescente brasileiro, que se preocupa em retratar em seu núcleo de personagens as identidades dos jovens, seu maior público.
Confesso que logo de início, não fui muito com a cara da revista… Em 2010, na escola, uma amiga chegou me mostrando uma edição, que se não me falha a memória era o primeiro número da série. Peguei, olhei os desenhos e não liguei muito, pois eu colecionava outros mangás e à primeira vista não gostei muito da ideia da Luluzinha ter crescido.
No mesmo ano, nas férias de julho, viajei com a família para minha cidade natal, Rolim de Moura/RO. Sempre vou pra lá quando tenho chance, pra mim é um lugar perfeito, onde posso sempre rever meus primos e tios. Em um dos dias em que estive lá, meus pais foram passear pela cidade e eu fiquei na casa de meus tios brincando com os primos, quer dizer, lendo com os primos. Ler é um vício de família, quando nos reunimos espalhamos todos os gibis que gostamos e começamos uma maratona de leitura.
Na volta de meus pais, minha mãe chega com um presente, a 14ª edição de Luluzinha Teen. Então eu disse: “Luluzinha Teen, mãe?” E ela respondeu: “ Ué, filho, vi na banca e achei que você gostaria de ver!” . Pensei naquilo, e então, li a revista. Tratava-se do segundo episódio da 4ª temporada, por isso, não sabia muito sobre os gostos da turma, e muito menos sobre muita coisa da identidade de cada personagem. Mesmo assim me agradou muito e aquela imagem de “revista chata” que tinha se formado pela primeira vez que vi a revista, caiu, sumiu, foi substituída pela vontade de ler a próxima edição. Hahaha! Foi muito bom.
Após as férias, voltamos pra Costa Marques, cidade onde moro com meus pais e irmã. O chato é que, aqui, NÃO TEM nenhuma banca… E então não pude continuar comprando a revista e só consigo colecionar as que gosto através de assinaturas e compras pela internet. Mas passei a acompanhar o site sempre. O tempo foi passando, e minha mãe precisou viajar a trabalho. Quando ela retornou… Que alegria! Pois ela me trouxe um kit com todas as revistas da 4ª temporada! E mais, a edição 23, na época, a edição atual. Li tudo numa noite! Foi uma baita alegria, e ainda pra completar, meu pai resolveu me presentear com uma assinatura de dois anos da revista. A partir daí, passei a acompanhar a revista todos os meses, e fui comprando as edições anteriores, hoje minha coleção é enorme! E tem mais, mantenho minha assinatura até hoje, mas agora, com meu próprio dinheiro. xD
São 3 anos de muita alegria que passei com a revista, e me arrependo de não ter lido a revista antes, da primeira vez que me foi apresentada, rsrsrs. A revista tem um papel muito importante na minha vida, marcou o início da minha adolescência, e a levarei pra toda minha vida. Ela me trouxe muitos amigos, amigos importantes de mais pra mim, que também colecionam, e até mesmo antigos desenhistas da revista, como Danusko, Bilquis, e minha priminha Daniela, por quem tenho um carinho muito especial. Também os produtores que trabalham nela, como o atual desenhista, Michel, que vem sendo um verdadeiro irmão pra mim, e também, Eduardo e William, que me dão valorosas dicas de desenho e até mesmo roteiro. E uma curiosidade: tenho amigos bem parecidos física e mentalmente com a turma, Robert é a cara do Bola, Jeanny parece a Luluzinha, Rafael é espevitado igual ao Alvinho, Gabriela é gamer feito a Aninha (e é a cara dela também), e a Kathen, meu Deus, ela é a cara da Glorinha, ligadona em moda e linda, parece demais! Confiram nesta imagem:
Parece muito, né?! Hahaha! Babem na minha Glorinha! Estou muito feliz com a chegada da edição 50! É um grande marco para a história da revista. Parabéns a todos vocês por isso, a revista já teve muita diversidade de roteiros, traços e formatos, e manter um quadrinho nacional durante 4 anos não é nada fácil! Um trabalho muito lindo que merece todo o reconhecimento do mundo.

Sei que esta história ainda vai crescer muito!

por Iury Santos Lima

_______________________________________________________________________________
Vejam também os textos dos demais vencedores (clique nos nomes):
E aí galera, o que acharam? Curtiram? Comentem !


deixe uma resposta

Subscribe to Posts | Subscribe to Comments

- Copyright © X-Diversão - Hatsune Miku - Powered by Blogger - Designed by Johanes Djogan -