escrito por : Iury Santos Lima 27 de outubro de 2012

Danusko fala sobre a carreira, projetos e ainda dá dicas pra quem quer seguir a profissão!



Daniel Campos, ou melhor, DANUSKO CAMPOS, é um incrível e talentoso artista do mercado de quadrinhos nacionais. Passando pela produção de Leão Negro, Luluzinha Teen e Sua Turma, e vários outros, começou a construir seu legado. Uma das grandes promessas para o futuro das HQs nacionais!

Quem é fã do trabalho de Danusko vai amar esse post, e quem ainda não é, vai se encantar com a simpatia do artista e se perder no traço incrível desse cara! Danusko concedeu uma ENTREVISTA EXCLUSIVA ao blog, e você confere isso agora!





X-DIVERSÃO: Danusko, você trabalhou na revista Luluzinha Teen, e deu um toque especial na revista com seu traço, qual é sensação de trabalhar com quadrinhos? É difícil trabalhar com isso no Brasil?
DANUSKO: Olá! Bom, trabalhar com quadrinhos no Brasil não é difícil se existir dedicação e persistência, um pouco de sorte também. Agora, lançar os próprios projetos, é outra história. É bem mais complicado.


X-DIVERSÃO: “Danusko”... Qual é a origem desse nome? É seu nome mesmo?
DANUSKO: É um apelido de infância que adotei como assinatura para meus trabalhos.


X-DIVERSÃO: Como foi que você conseguiu chegar até a Lulu Teen?
DANUSKO: Através da indicação de um amigo da autora do Leão Negro, quadrinho que desenvolvi durante um tempo. O legal desta área é que você vai ganhando visibilidade, então um trabalho puxa o outro.  


X-DIVERSÃO:Além de Luluzinha Teen e Leão Negro, quais foram seus outros trabalhos com quadrinhos?
DANUSKO: Alguns trabalhos para autores independentes, muitas ilustrações para cartilhas do Senac e HQs adultas para sites.





X-DIVERSÃO: Você tem planos de produzir um quadrinho só seu?
DANUSKO: Sim, é meu maior sonho desde criança, tenho meu próprio universo de personagens e desejo muito um dia ver realizado!

X-DIVERSÃO: Fale um pouco sobre como é o processo de criação das páginas de Lulu Teen.
DANUSKO: Cada desenhista colaborador tem um processo diferente. Todos recebemos o roteiro que é separado pelo número de páginas que nos disponibilizamos a fazer no mês, e pela afinidade de cada um com a cena. Eu por exemplo na maioria das vezes ficava com as cenas de ação, a Daniela (Tanko Chan) com cenas mais femininas, tipo da Glorinha. Eu fazia no lápis e depois arte-finalizava no nanquim, a Tanko fazia tudo direto no PC. 






X-DIVERSÃO: Qual foi seu maior desafio como desenhista de Luluzinha Teen, e o maior em toda sua carreira de quadrinista?
DANUSKO: No começo pegar os models foi um desafio, até surgir o Diogo Saito e fazer do próprio jeito. Isso abriu aos outros desenhistas chance de experimentação e fomos evoluindo o visual dos personagens com o tempo. E, na carreira, acho que é a primeira vez em todo trabalho novo, dá uma certa insegurança. Mas depois que agente pega o traço, flui naturalmente e a produção desenvolve rápido.  


X-DIVERSÃO: E qual a maior decepção?
DANUSKO: Decepção na Lulu, algumas...rs. Meu nome não ter saído nos créditos da número 3, por exemplo, era minha segunda edição e caprichei o máximo que pude. As cores usadas na edição especial n°1 também danificaram o traço da arte-final, e os desenhos na versão impressa parecem corridos por conta disso. Um pouco de saudade também, fui o desenhista que mais contribuiu com mais de 1000 páginas feitas desde a edição 2, mas agora a revista foi reduzida e é produzida internamente pelo Labareda, então fomos dispensados.


X-DIVERSÃO: Você tem algum sonho a ser realizado? Algum projeto?
DANUSKO: Sim, acho que respondi anteriormente, tenho meu projeto que é meu sonho. Estou separando tudo o que produzi  desde criança e tentando dar forma a imensidão de idéias que surgem, e condensá-las num roteiro coerente e atraente. Não há nada mais prazeroso que desenhar os próprios personagens, isso sim, é um sonho. 

Agora, perguntas de três fãs, que venceram um "concurso" pra mandar perguntas a você:

Matheus Henryke:
Foi difícil conseguir um traço fixo de cada personagem no início da revista? E qual edição você mais gosta?
DANUSKO: Sim, bem no começo foi. Havia muita exigência... depois esqueceram que a Aninha era dentuça e mais baixa, que o Alvinho é mais novo e nunca se decidia de o Bola é, de fato, gordinho ou forte. Então relaxei e fiz minha parte. Acho que a edição que mais gosto é a 5, porque ali havia um entrosamento muito bom entre os desenhistas, comecei a definir um estilo e fiz a edição quase toda, a parte da ponte, chuva, etc. 

 Matheus Henryke: Complete a frase: Luluzinha Teen e sua turma pra mim é...
DANUSKO: ... foi uma ótima experiência, os 3 anos que passei com ela. Gostaria que as pessoas envolvidas na criação da revista, principalmente os maiorais, tivessem o mesmo amor pelo que faz que eu tive. Isso aumentaria muito a longevidade da publicação.  


Laryssa Christina: Você pretende trabalhar a sua vida toda com quadrinhos?
DANUSKO: Sim! Nem sei fazer outra coisa! 

Gleice Lima:
Danusko, de onde vem essa vontade de trabalhar com esse ramo? Você teve alguma inspiração, ou foi por escolha própria mesmo e sem incentivo?
 DANUSKO: Eu desenho minhas histórias desde criança. Acho que era o caminho natural das coisas... E como dito antes, não tenho vocação pra outra coisa, já tive outros empregos mas mesmo durante nunca parei de desenhar e tentar. Nunca tive incentivo familiar, quando se trabalha em casa as pessoas pensam que você está de bobeira e que o dinheiro surge do nada ...rs.


X-DIVERSÃO:  E agora, nossa última pergunta:
Qual recado você deixa pra quem quer seguir a carreira de quadrinista, desenhista ou cartunista?
DANUSKO: Não desistir no primeiro não, nem no segundo ou quantos forem. Prática leva à evolução. Saber ouvir críticas, e usá-las de forma construtiva. Não ficar preso a um único estilo... Acho que são as mais importantes. Abraços a todos e muito obrigado pela entrevista, fico lisonjeado pelo convite e carinho!
X-DIVERSÃO:  Nós que agradecemos pela entrevista!

E abaixo, mais algumas ilustrações do mestre Danusko:






E esta foi a entrevista com o mestre dos quadrinhos Danusko Campos. Agradeço ao Danusko por ter disponibilizado seu tempo para ceder esta entrevista! E espero que vocês tenham gostado. Fiquem de olho no blog, e até a próxima! =D


{ 6 Comentários... read them below or Comment }

  1. Nossa, que entrevista incrível!!!!!! Adorei mesmo, boa sorte com o blog!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu, Bruno! Fico feliz que tenha gostado!! ^^

      Excluir
  2. Aqui é a Laryssa Christina! A entrevista foi incrível, adorei por ver minha pergunta respondida!! ^^

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou, Laryssa!! xD

      Excluir
  3. Sem desmerecer ninguem, ja que tivemos a serte de contar com muitos bons desenhistas, posso afirmar sem medo de errar, que o danusko foi um dos mais, senao o mais importante colaborador que tivemos no projeto da luluzinha teen. As circunstancias fizeram que tivessemos que paarar uma parceria de 3 anos. Mas o danusko sabe que o meu desejo eh voltar a trabalhar com ele em um futuro proximo. Alem de todas as qualidades que saltam aos olhos quando olhamos o trabalho dele, o comprometimento dele eh absurdo. Se tivesse nascido em outro pais, talvez fosse um quadrinista famoso internacionalmente. Eduardo Tavares - labareda

    ResponderExcluir
  4. Nossa, Eduardo! Fico muito feliz pelo seu comentário, e tenho certeza de que o Danusko ao vê-lo também ficará! Realmente, o Danusko tem muito talento, amo o trabalho dele,o traço dele na revista é um dos que mais gosto. Obrigado por ler a entrevista!

    ResponderExcluir

- Copyright © X-Diversão - Hatsune Miku - Powered by Blogger - Designed by Johanes Djogan -